Roteiro Paris

Como várias pessoas buscam roteiros e dicas para suas viagens, resolvi mostrar o que fizemos na nossa viagem à Paris na primeira quinzena de novembro. Somos um casal apressado 🙂 e, ávidos por cultura, visitamos tudo no menor tempo possível – sempre acostumados com a ausência de férias. Se você for parecido conosco, pode conhecer paris em 6 dias 😀 Se quiser fazer o roteiro em 5 dias, é só tirar a visita a Versailles 😉

Bom, vamos lá!

1º dia – 05/11/2013 – terça-feira

Chegamos no aeroporto de Orly por volta de 12h30 como previsto, passamos pela migração e fomos para a fila do Taxi Parisiens do aeroporto. Até o Hotel Meliá Royal Alma (35 Rue Jean Goujon, 75008), o táxi custou €28.20 (já com €1.00 a mais por mala – levamos 2).

Dicas úteis:

1.    Avaliamos bastante e não valia a pena comprar o City Pass ou o Paris Museum Pass, se você calcular os valores chegará a mesma conclusão. Por exemplo, o Paris Museum Pass – 6 dias – custa €69.90 por pessoa, você teria que ir a 2 museus por dia todos os 6 dias para valer a pena e isso não é impossível, mas bem desgastante e você perderá de ver outras coisas na cidade.

2.    Onde comprar passe para metro: nos caixas de auto-atendimento (com cartão de crédito) ou nos guichês do metrô, ônibus e estações RER. Compre o carnet 10 voyages (10 tickets avulsos a €13,30), acredite: você andará mais a pé que de metrô! Melhor comprar de acordo com a necessidade. Esses tickets não compreendem região de Versailles (zona 4), então, se for visitar, no dia compre o Mobilis que tem validade de 1 dia e custa 10,85 euros até a zona 4 (Versailles).

Arc de Triomphe – http://arc-de-triomphe.monuments-nationaux.fr/ – O jeito mais seguro de chegar ao Arco do Triunfo é pelas passagens subterrâneas que dão acesso à praça Charles de Gaulle (l’Etoile). Entra-se por um acesso na Av. Champs Elysées e, ao sair do túnel, a visão é esplendorosa, estar bem embaixo dele é muito mais impressionante. Há a possibilidade de subir no arco para apreciar a vista, fica aberto até 22h30 e custa €8.50 por pessoa.

Avenue des Champs Elysées – http://www.champselysees.org/ – Sofisticada e acolhedora, com suas calçadas largas e um grande número de pessoas circulando pelas lojas, a Avenida Champs Elysées é local agradável para se caminhar à noite. Há diversos cafés que convidam os pedestres a tomarem lugar nas mesas dispostas nas calçadas, seja pelo aspecto acolhedor ou por seus irresistíveis aromas, mas se paga pela vista e o local para sentar. Ótima opção de região para comer. Maior Sephora do Mundo! Só pra olhar, definitivamente, não vale a pena comprar nada em Paris 😀 Espere um pouco e vá aos EUA.

champs elysees

Jantamos no Restaurante Le Petit Zinc, restaurante gracioso que vale conhecer. Lá é capaz de você encontrar ainda o guarda-chuva novinho, não usado, pelo qual paguei €20.00 no Monoprix 😉 Pode pegar que é meu!

2º dia – 06/11/2013 – quarta-feira

Palais de la découverte (Avenue Franklin Delano Roosevelt, 75008) http://www.palais-decouverte.fr/ : Museu parisiense de Ciências desde 1937. Só visitamos pelo lado de fora.

Grand Palais & Petit Palais (Avenue Winston Churchill, 75008) –http://www.grandpalais.fr ; http://www.petitpalais.paris.fr – Como o Palais de la découverte, estes palácios são muito belos e valem ser vistos apenas de fora. Prestem atenção ao teto de vidro e as pinturas externas.

Pont Alexandre III (Quai d’Orsay, 75008) – É a mais bela ponte de Paris. Construída no final do século XIX, possui decoração em estilo Art-Nouveau, combinando com o prédio do Grand Palais, logo ao lado. Foi dessa ponte de Marcello Mastroianni pulou no filme Prêt-à-Porter (1994) 🙂

alexandre III

Place de La Concorde – http://www.paris.org/Monuments/Concorde/ – Nesta praça histórica, foram guilhotinadas mais de mil pessoas na revolução francesa, incluindo Luis XVI, Maria Antonieta, Robespierre e Danton. Possui duas fontes belíssimas entre as quais há um obelisco com cerca de 3200 anos de idade trazido da cidade de Luxor, no Egito. Desta praça, situada às margens do rio Sena, pode-se avistar a igreja Madeleine, a Champs Elysées, o Arco do Triunfo, a Torre Eiffel, o prédio da Assembleia Nacional (Palais-Bourbon), o Museu do Louvre e muito mais.

Église de La Madeleine (Place de la Madeleine, 75008) – http://www.eglise-lamadeleine.com/ – A igreja, construída por Napoleão Bonaparte nos moldes de um templo grego e dedicada a Maria Madalena, impressiona por suas dimensões e beleza. De suas escadarias, pode-se ver a Place de La Concorde.

madaleine

Place Vendôme (1 Place Vendôme, 75001) –http://www.paris.org/Monuments/Vendome/ – O caminho até lá é repleto de lojas luxuosas e atravessando você chegará ao Palais Garnier.

Palais Garnier (8 Rue Scribe, 75009) – Ópera Nacional de Paris – http://www.operadeparis.fr/ – Visita ao saguão do teatro é gratuita. Logo atrás, você encontra Galeries Lafayette e a Uniqlo.

opera

Galeries Lafayette (40 Boulevard Haussmann, 75009) – http://www.galerieslafayette.com – Luxo e sofisticação. Um grandioso templo do consumo que abriga as marcas mais famosas do mundo como Chanel, Ives Saint Laurent, Giorgio Armani, Bulgari. No último piso, você encontrará restaurantes, acesso ao terraço com ótima vista e souvenirs. Mas não faça como eu que comprei lembrancinhas ali envolvida pela praticidade, saindo de lá, a direita, você encontra a Lafayette Homme e várias barraquinhas na calçada da entrada que vendem os mesmos souvenirs por pelo menos a metade do preço.

Paroisse Saint-Eustache (2 Impasse Saint-Eustache, 75001) – http://www.saint-eustache.org/ – Atualmente está em obras, fica bem na saída das lojas subterrâneas de Les Halles, muito grande e movimentado, mas como tudo em Paris: Caro! Pagamos €0,50 por pessoa para usar o banheiro.

Musée du Louvre (75001) – http://www.louvre.fr – Museu do Louvre: Possui entrada principal, mais cheia, pela pirâmide, além das entradas laterais e pelo metro (bem mais vazias). É possível ver de perto a Mona Lisa, Vênus de Milo, obras de Michelangelo, da Vinci, Rafael, Delacroix, Géricault, David e tantos outros grandes mestres. Fornecem na entrada um mapa com a localização das principais obras e disponibilizam gratuitamente local para você deixar mochila, guarda-chuva e casaco. Se gosta muito de arte, tem tempo disponível e quer ouvir audio guides, reserve ao menos 2 das inteiros para visitar o Louvre! Nós visitamos todas as galerias e fizemos um lanche no Angelina em 5 horas 😀 Quartas e sextas fica aberto até 21h30 e a entrada é €12.00 por pessoa. Próximo a pirâmide invertida você encontra uma Starbucks com souvenir mais barato que qualquer outra em Paris , acredite!

louvre dia

3º dia – 07/11/2013 – quinta-feira

Château de Versailles – http://www.chateauversailles.fr/ – Prefira visitar durante a semana, porque nos finais de semana a entrada para o palácio é mais cara. Versailles fica próxima a Paris e para chegar lá é necessário pegar metrô e trem, descer em Versailles, na estação final, e caminhar seguindo a multidão de turistas. Você pode comprar ingresso na FNAC no dia anterior, preferencialmente o que permite ver todo o complexo (o Palácio, os Jardins e o Estado de Maria Antonieta, que abrange o Petit e Grand Trianon), mas compramos lá mesmo e não havia fila. É bom sair cedo do hotel para aproveitar o dia, já que ele fecha as 17h. Não deixe de ver: capela Real, Salão dos Espelhos e a Galeria das Batalhas, que abriga uma coleção incrível de quadros de Napoleão. Depois os famosos jardins de Versailles, os ingressos adquiridos dão direito às Grandes Eaux Musicales, Grandes Águas Musicais: por volta das 15h30 ligaram as fontes do palácio e as caixas de som espalhadas pelos jardins começaram a tocar uma bela música francesa, do século XVIII – mas nessa época do ano não acontece L. A entrada é €18.00 por adulto. Lá você tem opção de caminhar, comprar passe para trenzinho que faz todo o trajeto e você pode subir e descer quantas vezes quiser (passa a cada 15-20 minutos em cada ponto) por €6,90 por pessoa ou, ainda, alugar um carrinho de golf (cabem 4 pessoas) por €30.00, mas o motorista precisa apresentar a carteira de motorista! (no dia eu havia deixado a minha no hotel :/)

versailles

Tour Eiffel – 1ª visita – http://www.tour-eiffel.fr/ – Na volta de Versailles, descemos do metrô na estação Champ de Mars e caminhamos até a base da torre. Mesmo sendo a noite, bastante movimentado! Considerando que a frente dela é voltada para o rio sena, na parte de trás tem o Campo de Marte (excelente lugar para tirar fotos) e ao fundo do campo é possível ver a escolha militar. Na frente da torre, atravessando a ponto, tem o Trocadéro, que proporciona uma vista linda e está sempre lotado! Ao anoitecer, em cada hora cheia as luzes da torre começam a piscar: É lindo!

Neste dia, jantamos no restaurante Chez Francis (7 Place de l’Alma, 75008) – http://www.chezfrancis-restaurant.com/‎, famoso por suas ostras, que tem uma vista linda da torre! Nesta região da Avenue George V tem inúmeros restaurantes.

4º dia – 08/11/2013 – sexta-feira

Basilique du Sacré Coeur de Montmartre (35 Rue du Chevalier de la Barre, 75018) – http://www.sacre-coeur-montmartre.com/ – A igreja do Sagrado Coração e a atração que fica mais fora de mão, melhor começar o dia por ela. Logo ao sair do metrô redobrar o cuidado com máquinas fotográficas com lentes, acessórios e dinheiro e fugir das pessoas que ficam vendendo coisas no caminho. Pode subir pelas escadas ou com o Funiculaire du Montmartre (1 ticket do metrô para subir e outro para descer que você pode usar dos seus ou comprar lá). Já próximos da Basílica de Sacre Coeur, é possível ver com mais detalhes as duas belas estátuas que guardam a entrada: São Luis e Joana D´Arc. A vista da cidade na entrada da escadaria é linda! Se quiser comprar lembrancinhas, essa é a hora! Como a Sacré Coeur fica no subúrbio de Paris tudo é mais em conta.

sacre

Musée d’Orsay (1 Rue de la Légion d’Honneur, 75007)- http://www.musee-orsay.fr/en/home.html – Esse museu é maravilhoso e vale a visita. Fica aberto até 18h, quinta até 21h30 e fechado às segundas. Preço para adulto é €9.00 e você pode comprar junto a entrada para o Musée Rodin (79 Rue de Varenne, 75007) por €12.50 (valor dos 2 juntos!). Dizem que o Musée Rodin é imperdível para quem gosta de arte e, se preferir, pode visitar apenas o jardim do museu por €1.00 e garantir seu o encontro com “O pensador”, mas neste dia estava chovendo e ventando muito o que atrapalhou um pouco nossos planos. No último andar no Musée d’Orsay tem um restaurante decorado por brasileiros e almoçamos por lá.

brasileiros

Musée de l’Armée (129 Rue de Grenelle, 75007) – www.musee-armee.fr – Museu Militar Nacional da França, fica localizado em Les Invalides ao lado do Musée Rodin. Lá você pode ver, além de exposições sobre 1ª e 2ª guerras mundiais, armaduras e o famoso túmulo de Napoleão localizado no centro da cripta de Eglise du Dome Church no Hôtel des Invalides, ao lado do Musée de l’Armée. O valor da entrada por adulto, que incluí túmulo de Napoleão, custa €9.50, mas como chegamos às 16h e o museu funciona somente até 17h, pagamos €7.50.

napoleon

Fontaine Saint-Michel (11 Place Saint-Michel, 75006) – É possível ir caminhando às margens do rio Sena a partir do Museu d’Orsay e, no caminho, encontrar a belíssima fonte de São Miguel no meio de uma praça, ponto de encontro de muitos parisienses, além da famosa ponte dos cadeados e a escola de artes da Paris.

cadeados

Dica: O rio Sena é baixo, o que prejudica a visualização da cidade para quem está no barco, então é melhor economizar o dinheiro fazendo uma caminhada pelas margens do rio.

5º dia – 09/11/2013 – sábado

Centre Georges Pompidou (19 Rue Beaubourg, 75004) – www.centrepompidou.fr – O Centre Pompidou é um centro cultural com arquitetura high-tech. A lado tem um chafariz com várias esculturas, vale a pena conhecer a parte externa.

Hôtel-de-Ville (20 Rue du Temple, 75004)– Prefeitura de Paris – Há uma estação próxima ao prédio da Prefeitura através da Rua de Rivoli onde tem o Angelina, café famoso pelo chocolate quente (226 da Rue de Rivoli). Nós experimentamos o Angelina do Musée du Louvre e é realmente muito bom!

Sainte-Chapelle (4 Boulevard du Palais, 75001) – http://sainte-chapelle.monuments-nationaux.fr/ – Considerada uma das maiores obras da arquitetura ocidental, uma obra-prima da arquitetura gótica, construída em 1248 pelo rei Luís IX para abrigar a suposta coroa de espinhos usada por Cristo. A entrada vale a pena e fica aberto até 17h. Custa €8.50, mas pagamos €8.50 por estar em obras. Não há acessibilidade, pessoas com dificuldade de locomoção não conseguem acessar a capela através da escada de caracol estreita, infelizmente. Mas quando se chega lá, os vitrais são maravilhosos, cada parte é única e conta uma parte da história. Ao lado da Sainte-Chapelle tem o Concierge (primeiro palácio real de paris repleto de salas góticas) e você pode comprar a entrada dos 2 juntos por €12.50.

sainte chapelle

Cathédrale Notre Dame de Paris (6 Parvis Notre-Dame – Place Jean-Paul II, 75004)- http://www.notredamedeparis.fr/ – Catedral de Nossa Senhora de Paris: Catedral de Notre Dame é uma catedral gótica com quase mil anos de idade com lindos vitrais, imortalizada pela obra de Victor Hugo, onde foram coroados Henrique VI da Inglaterra e Napoleão Bonaparte e beatificada Joana d’Arc. A fila do lado de fora assusta, mas não se preocupe porque anda super rápido! A catedral fica aberta até 18h e a entrada é gratuita, se quiser subir na torre e ver as gárgulas de perto, custa €8.50 por adulto.

Almoçamos no primeiro restaurante de Paris: Le Procope (13 Rue de l’Ancienne Comédie, 75006) – http://www.procope.com/. Fundado em 1686 tem um atendimento impecável, lugar lindo e comida muito gostosa.

6º dia – 10/11/2013 – Domingo

Theatre Odéon (Place de l’Odéon, 75006) – passamos por ele e seguimos para o Jardin du Luxembourg para aproveitar o tímido sol que apareceu.

Jardin du Luxembourg (75006) – Uma grande obra de arte verde ao ar livre onde os visitantes podem, de certa forma, interagir. Atualmente é a sede do senado francês. O jardim é repleto de esculturas, sendo a maioria absoluta feminina, e parece ter sido projetado para que as pessoas pudessem sentar para contemplar o local, aliás é o que acontece em meio a tantas cadeiras a disposição. Logo na entrada visite a você verá a belíssima Fontaine de Médicis na frente do castelo tem um lago onde as crianças brincam com barquinhos.

jardim

Panthéon (Place du Panthéon, 75005) – http://pantheon.monuments-nationaux.fr/ – Esse me encantou! É possível admirar diversas obras de arte, além de sua arquitetura notável. Geralmente, é possível subir até as galerias da cúpula, onde se tem uma ótima visão da cidade, e o destaque é para o pêndulo de Foucault instalado no centro do prédio, no entanto estava em obras e o pêndulo foi removido temporariamente (por 3 anos!!!). Assim, o preço baixou de €8.50 por adulto para €7.50. Descendo para o subsolo, é possível visitar túmulos de notáveis como militares, pensadores e escritores. Lá estão, entre outros, Louis Braille, Jean-Jacques Rousseau e Antoine de Saint-Exupéry e você pode assistir vídeos sobre o Panthéon, como a entrada dos restos mortais de Alexandre Dumas em 2002.

pantheon

Neste dia, após sairmos do Panthéon, almoçamos num restaurante que não foi dos melhores na praça para visitarmos a Universidade de Sorbonne.

Tour Eiffel – 2ª visita – Fomos de metrô até a Torre Eiffel na tentativa de subir, mas as filas estavam enormes! Dica: compre o ingresso pela internet que a fila é diferenciada e não se iluda com o preço mais barato para subir sem elevador porque é MUITA escada. Dizem que vale a pena enfrentar a fila e subir até o 3º e último piso da torre Eiffel, 276m acima do solo e vista única, uma vez que até o 2º piso há outros lugares em Paris que oferecem vistas similares da cidade, como a colina de Sacre Coeur por exemplo. Da torre é possível ver a bela Ponte Alexandre III, Petit e Grand Palais, Madeleine ao fundo, Place de la Concorde e muito mais. Até o 2º piso €8.50 por pessoa, até o topo€14.50 por pessoa.

eiffel dia

O Jantar foi no tradicional Le Relais d’Entrecôte (15 Rue Marbeuf, 75008) – http://www.relaisentrecote.fr/. O restaurante com suas mesas apertadas, tem aspecto estranho. A fila na porta anda rápido, pois as pessoas não tem o que pensar: o restaurante tem apenas um prato – Carne com seu molho especial (que mais parece pesto) e batatas fritas – e você só escolhe sua bebida e o ponto da carne. Saborosíssimo e merece a visita 😀

7º dia – 11/11/2013 – Segunda-feira

Não sabíamos e pegamos um feriado na frança! Armistício, dia 11 de Novembro, que marca o término da primeira guerra mundial. As solenidades envolvem parada militar na Avenue des Champs Elysées e hastear uma enorme bandeira da França no Arc de Triomphe. Não podíamos deixar de ir 😀

arc

Almoçamos um verdadeiro hambúrguer gourmet! No Restaurant La Maison de l’Aubrac (37 Rue Marbeuf, 75008). Experimente! Lá você pode ver as famosas carnes que ficam maturando por semanas 😮

Tudo muito cheio devido ao feriado, passeamos um pouco e resolvemos descansar, mas antes andamos por toda Avenue Montaigne. Sobre esta avenida Fashion, a qual indico para quem quiser realmente fazer compras em Paris fugindo da multidão de turista, farei um post a parte.

O Jantar neste dia foi especial…  Última noite em Paris então fomos em um restaurante chique onde vão famosos de todo o mundo: L’Avenue (41 avenue Montaigne, 75008) – http://www.avenue-restaurant.com/ ‎. Maravilhoso em todos os aspectos: local, decoração, atendimento, bebidas e comidas, mas prepare o bolso!

Tour Eiffel – 3ª visita – http://www.tour-eiffel.fr/ – Caminhamos tarde da noite até Torre Eiffel para o meu marido-fotógrafo tirar fotos com seus equipamentos novos: um espetáculo à parte.

eiffel noite

8º dia – 12/11/2013 – terça-feira

Como precisávamos ir para o aeroporto a partir das 15h, tiramos o dia para relaxar e passear pela região da Avenue des Champs Elysées. Tomamos um café no Grand Palais Café, comemos um crepe na praça, visitamos galerias escondidas e almoçamos em um típico restaurante que parisienses frequentam – local pequeno, com um ótimo sanduíche e que treme cada vez que o metro passa.

Uma dica é reservar o táxi pelo site http://www.taxisg7.fr/estimation-tarif-duree-course , porque sai mais barato que pedir para o hotel, uma vez que você paga desde o momento que o taxista é acionado, ou seja, o trajeto de onde ele está até o seu hotel.

Outros passeios que poderiam ter sido incluídos são: Montparnasse Tower (33 Avenue du Maine, 75015), aberto até 22h30, €13.00 por pessoa; La Grande Arche de La Défense – http://www.paris.org/Monuments/Defense/ – Arco impressionante pelo tamanho em um moderno centro empresarial europeu.

Em breve, mais roteiros! O próximo será de compras em Miami 😉